• Gente e Gestao RH

8 DICAS DE RESILIÊNCIA NO TRABALHO

Percebemos que muitas pessoas, alguma vez na vida, tiveram vontade de desistir diante de uma situação de amplo estresse, ou mesmo apresentaram desânimo quando precisaram lidar com um colega ou um líder difícil, entre diversos outros momentos em que a resiliência precisou ser testada.


Separamos 8 dicas de resiliência no trabalho para você conhecer mais sobre o tema e conseguir aprimorar uma característica tão falada e requerida pelas organizações mundiais.


Você sabe o significado de resiliência? Não é difícil encontrar diversos conceitos, no entanto, na prática, podemos adaptá-lo para utilizá-lo a nosso favor em momentos específicos.


Segundo o dicionário, resiliência é a capacidade de um corpo para voltar à forma original após passar por uma deformação. No ambiente de gestão de pessoas, pode ser entendida como a habilidade de superar obstáculos com menor perda de energia. A resiliência pode ser compreendida como a competência de passar por um contexto de estresse com o menor tempo de retorno para o estado de equilíbrio emocional favorável, de uma maneira assertiva, sem perder a motivação e com persistência.


Algumas pessoas cobram de si e das outras uma resiliência inesgotável, no entanto, o autoconhecimento é fundamental para saber o momento de seguir uma estratégia diferente quando a resiliência não é a habilidade mais adequada para a situação. Bem como, para conseguir identificar quando a resiliência é necessária ou não e também quando precisa ser desenvolvida.


Quais os benefícios em ser uma pessoa resiliente?


Geralmente, uma pessoa resiliente, tende a ter uma visão mais otimista, disposição para assumir riscos e manter relações positivas. Além de acreditar mais nelas próprias, tendo iniciativa e conseguindo alcançar os objetivos pessoais e profissionais.


Algumas dicas para você ser ainda mais resiliente e ter destaque profissional:


1 - Flexibilidade – Tenha Flexibilidade nas diversas situações, tenha a habilidade em compreender outras visões sobre a solução de um mesmo problema.


2 – Capacidade de aprender com os erros – O erro é inerente a qualquer ser humano que está disposto aprender, quando você anota as ações para não errar novamente, você aumenta sua criatividade e direciona sua atenção para as possibilidades de acerto, tendendo a não se culpar e não desistir em situações semelhantes.


3 – Iniciativa para buscar apoio – Nas situações difíceis, tenha pelo menos duas pessoas com quem você possa contar, que irão dar-lhe apoio, assim você pode ter outra percepção do problema e encontrar soluções mais facilmente.


4 – Pratique exercícios – Sejam físicos, meditação, algum hobby, todos são válidos para você criar uma rotina e conseguir aliviar a carga de estresse. Algumas vezes, você acaba agindo por impulso e deixando a falta de resiliência vir a tona devido o momento de estresse que esteja passando.


5 - Hábitos saudáveis – Realizar o que faz bem para sua vida, pense nas ações que proporcionem tranquilidade e alegria, pode ser uma leitura, alimentação saudável, uma caminhada, tempo para descansar, escutar música... são inúmeras opções, escolha as suas ou experimente todas. As pessoas que são fortes fisicamente, tendem a ser emocionalmente mais resilientes.


6 – Segurança própria – Tenha orgulho das suas conquistas, tire um tempo para pensar no seu passado, nas dificuldades que você já teve e superou, esse hábito diário de resgatar suas conquistas pode contribuir para você atingir suas metas, ser mais produtivo, autoconfiante e mais positivo nas adversidades.


7 – Bom Humor – Rir das próprias falhas é uma maneira de não deixar que tomem uma proporção maior do que realmente são. Sempre que possível, utilize o bom humor para ter “leveza” na solução de algum problema. O sorriso traz benefícios inacreditáveis para a saúde e para uma vida mais longa e tranquila.


8 – Técnicas de visualização - Diante de um problema, feche os olhos e imagine como você estará depois da solução, visualize suas expressões de alegria e de tranquilidade. Visualizar como se a dificuldade já tivesse sido superada, aumenta as chances da sua mente buscar novos caminhos.


Esperamos ter contribuído com sua carreira profissional.


Gostou do post? Compartilhe


Grande Abraço,

Ana Carolina Martins

Psicóloga Organizacional

Gente e Gestão RH

(31) 97156-1551

https://www.genteegestaorh.com.br