• Gente e Gestao RH

Como realizar um desabafo assertivo no trabalho

"Você tem um minuto para eu desabafar com você?" Quem nunca escutou ou mesmo falou isso para um colega de trabalho? Uma prática comum que, com o passar do tempo, foi tendo interpretações diversas, sendo positiva no intuito de escutar um colega ou negativa quando pode ser interpretada como reclamação.



Segundo o dicionário, desabafar significar retirar aquilo que abafa, descobrir-se. Enquanto reclamar é caracterizado por queixar-se. Muitos relatam que a diferença é bem singela. No entanto, desabafar proporciona tirar a tensão e seguir em frente, enquanto reclamar pode ser crônico, podendo ser uma queixa repetida que impede a busca de soluções.


Possuir um ambiente na empresa para desabafar não é comum. Mas diversas organizações estão apostando nessa prática, como diferencial na saúde dos funcionários e na melhoria da produtividade. Como realizar um desabafo sem prejudicar sua imagem profissional e sem correr risco na sua carreira?


VAMOS DESCOBRIR COMO REALIZAR UM DESABAFO ASSERTIVO NO TRABALHO?


1º passo: Identificar as pessoas que são realmente confiáveis. Com isso, não utilize chat ou e-mail, pois podem ser vistos por pessoa que não compreendem o contexto. Procure a pessoa que não irá te julgar e, sim te apoiar na superação da dificuldade que está enfrentando.


2º passo: Desabafar sozinho: Escrever pode ser uma opção quando não sente que há espaço ou pessoas para conversar sobre seus sentimentos. Ir a um espaço aconchegante e escrever pode, inclusive, contribuir para que você encontre soluções, além de compreender os próprios sentimentos.


3º passo: Dar uma volta ao ar livre: Sim, é possível desabafar com seus próprios pensamentos. À medida que nos afastamos dos problemas, direcionando a mente para lugares diferentes, ocorre a possibilidade de o cérebro realizar novos entendimentos sobre algum assunto. Além de ajudar no bem estar físico e mental.


4º passo: Incentive o desabafo dentro da sua empresa: Uma excelente maneira de escutar problemas e encontrar soluções, pois empresas que não escutam as dificuldades, podem estar perdendo oportunidades de melhorias. Conversa com o setor de recursos humanos sobre as melhores práticas de clima organizacional.


5º passo: Pratique a comunicação assertiva. Em momentos de estresse, dificilmente uma pessoa consegue comunicar-se para esclarecer ou resolver alguma dificuldade. Por isso, beber água, respirar fundo e muitas outras técnicas podem aliviar o momento tenso e você consegue conversar de maneira pacífica.


O IMPORTANTE É COMUNICAR. NÃO "ABAFE" SEUS SENTIMENTOS. ENCONTRE A MANEIRA IDEAL DE EXTERNÁ-LOS.


Esperamos ter contribuído com sua carreira profissional. Lembrando que o processo de recrutamento e seleção também é fundamental para identificar a habilidade de comunicação assertiva dos candidatos.


Leia também sobre saúde mental no trabalho em tempos de pandemia


Grande Abraço,

Ana Carolina Martins

Psicóloga Organizacional

Gente e Gestão RH

(31) 97156-1551

https://www.genteegestaorh.com.br